ITANHAÉM, A AMAZÔNIA PAULISTA

ITANHAÉM, A AMAZÔNIA PAULISTA

VEM PRO GOOGLE

VOCÊ ENCONTROU O QUE QUERIA? PESQUISE. Nas guias está a matéria que interessa a você.

TENTE OUTRA VEZ. É só digitar a palavra-chave.

TENTE OUTRA VEZ. É só digitar a palavra-chave.
GUIAS (OU ABAS): 'este blog', 'blogs interessantes', 'só direito', 'anotações', 'anotando e pesquisando', 'mais blogs'.

VAMOS LÁ! CLIQUE PARA SEGUIR!

quarta-feira, 20 de abril de 2016

ITANHAÉM DESMENTE AS EXPECTATIVAS E CONTINUA CRESCENDO. CADÊ A CRISE?

Centro histórico, em Itanhaém, à noite     Contrariando os indicadores da economia, alardeados nos telejornais, Itanhaém cresce: a arrecadação dos impostos subiu, ao contrário do que acontece no país em crise. 
Centro histórico, em Itanhaém: uma praça de alimentação ao ar livre
     Desde que aqui pisei - e me apaixonei!!! - acompanho o desenvolvimento da cidade. No entorno, obras, patrocinadas por particulares ou pela prefeitura: casas em reforma ou construção, ruas sendo pavimentadas, prédios públicos restaurados. Em três anos, os diversos terrenos que havia na quadra em que moro foram todos ocupados por belas casas e vários recentes proprietários também vieram morar aqui.
Centro histórico, em Itanhaém     Um sobrinho, que namorava...
terreno vizinho ao  meu, regateou um pouco para conseguir abatimento e perdeu a chance: terceiro rapidinho cobriu a oferta. 
     Quando ainda morava em São Paulo e descia todos os finais de semana, checava de onde era a placa dos carros. O propósito? Pura bobagem: "Tanta gente querendo um lugar na praia e eu, logo, logo, estarei morando no meu paraíso."
Centro histórico, em Itanhaém
     De lugares dos quais jamais ouvi falar vinha turistas: campineiros, aos montes, chapas tanto de todas as regiões de nosso estado como dos estados vizinhos: só daqui, além da grande São Paulo e da já citada Campinas, Franca, Sorocaba, Piracicaba, São Carlos, Garça, Marília, Assis, Andradina, São José do Rio Preto, Franca, Ribeirão Preto, Araraquara, Fernandópolis, Botucatu, Ourinhos, Presidente Prudente e mais outros além da conta). Automóveis de Guaratinguetá e Lorena, tão pertinho do Rio de Janeiro, dando um olá para as nossas areias.

GOSTOU? COMPARTILHE.

Centro histórico, em Itanhaém     Descobri que diversos advogados, com quem  lidava todos os dias, tinham imóvel na cidade, pertinho de onde moro hoje. Tinham também, é claro, planos. Apaixonados, só não se mudaram ainda de mala e cuia porque o emprego (próprio ou do marido) limita o campo de ação. A realização dos sonhos fica para depois, para quando der. Até lá, é descer e subir a serra, nos finais de semana, acompanhando a boiada. 
Centro histórico, em Itanhaém     Para quem pode, quem sabe o próximo concurso de remoção? O problema é que há muita gente querendo vir e daqui ninguém sai. Quando penso nisso vejo como fui abençoada.
     Vejo o amor de cada um se revelando no capricho com que cuidam dos jardins, das calçadas, das praias, dão um toque único e pessoal ao imóvel: vasos, esculturas, numeração, jardins, piscinas, árvores, decoração. 
     A cidade cresceu muito nos últimos anos. Há um comércio pujante, uma grande rede de abastecimento (vários unidades dos supermercados Extra, Saito, Dia, Krill etc.) e muitos bancos: Itaú, Bradesco, Caixa Econômica Federal, Banco do Brasil, HSBC.
Centro histórico de Itanhaém     Cidade que se preza tem que ter Mc Donald's, ainda que você odeie seus produtos. Mc Donald's é sinônimo de classe média instalada, de capacidade de consumo. Você sabe o que vai encontrar, não importa onde esteja estabelecido. 
     A gastronomia da cidade não se resume à marca famosa. Há uma infinidade de lanchonetes e restaurantes que servem todos os gostos. Dos conhecidos e que me lembro posso mencionar Habibs e Giraffas. No entanto, há fartura na oferta do quesito alimentação: comida mexicana, japonesa, frutos do mar, espanhola, italiana, árabe, panquecas, pizzarias. 
     A grande e encantadora praça, no centro histórico e típico da mais encantadora cidade do interior, oferece tantas opções que é difícil escolher.
Igreja matriz, em Itanhaém     Também nos últimos anos se estabeleceram casas conhecidas e famosas, como Pernambucanas, Casa Bahia, Loja Cem, Compre Fácil, Lojas Americanas, Kallan, Boticário, Havaianas e outras sem qualquer fama mas muito charme, por toda parte.
     A cada ano muitas lojas são inauguradas, nos mais diversos seguimentos: perfumarias, colchões, móveis, artesanato, farmácias, acompanhadas por novos escritórios, consultórios: médicos, advogados, arquitetos. É muita gente apostando na cidade e na melhor qualidade de vida.
     Os proprietários dos quiosques que mais frequento vieram do interior; um deles de São Carlos, que por muito tempo descia a serra a cada final de semana. Do Ipiranga o dono de uma pizzaria, que depois de se dividir durante alguns anos entre a casa de São Paulo e a daqui, optou por esta e fechou a paulistana. 
     Tanto o centro (o novo e o histórico) como os bairros recebem mais e mais empreendedores, gente que descobre o lugar, compra um imóvel para gozar das praias nos finais de semana e acaba se mudando, chamando a cidade de sua (como eu).
     Quarta-feira, véspera de feriado e as vias congestionadas, o povo ansiando pelo pé na areia, gozar do ar puro e da bela vista. O outono está castigando: não chove, o ar está seco e faz muito calor. É um suplício viver em São Paulo. 
     Eu, no meu paraíso, despensa cheia, vou ficar em casa, às voltas com os jardins, o pomar e os passarinhos, gozar da companhia das filhas, que vêm de longe me visitar. A praia está lá, a alguns passos, esperando por mim.
     Aguardo o retorno dos turistas, que enchem os supermercados, restaurantes e lojas, a seus lugares de origem, torcendo para que eles compreendam que a viagem só é boa de verdade quando você respeita o lugar que o recebeu. Porque quem sabe amanhã você pode chamá-la de sua.

DEIXE SEU COMENTÁRIO. SEMPRE É POSSÍVEL MELHORAR

 

Escreva, comente. Se para elogiar, obrigada. Mas posso ter pecado e truncado o texto, cometido algum erro ou deslize (não seria a primeira vez). Comentando ajudará a mim e àqueles que lerão o texto depois de você. Culpa minha, eu sei. Por isso me redimo, agradeço e tentarei ser melhor, da próxima vez. 


 Obrigada pela visita!

QUER RECEBER DICAS? SIGA O BLOG. 

SEJA LEAL. NÃO COPIE, COMPARTILHE.
TODOS OS DIREITOS RESERVADOS
Respeite o direito autoral.
Gostou? Clique, visite os blogs, comente. É só acessar:

CHAPÉU DE PRAIA

MEU QUADRADO

"CAUSOS": COLEGAS, AMIGOS, PROFESSORES

GRAMÁTICA E QUESTÕES VERNÁCULAS
PRODUÇÃO JURÍDICA
JUIZADO ESPECIAL CÍVEL (O JUIZADO DE PEQUENAS CAUSAS)

e os mais, na coluna ao lado. Esteja à vontade para perguntar, comentar ou criticar.
Um abraço!
Thanks for the comment. Feel free to comment, ask questions or criticize. A great day and a great week! 

Maria da Gloria Perez Delgado Sanches

Nenhum comentário:

Postar um comentário

DÊ UMA CHANCE PARA SEUS SONHOS. O MEU? DA CIDADE GRANDE PARA A PRAIA, COM UM GRAAAAAANDE TERRENO.

DÊ UMA CHANCE PARA SEUS SONHOS. O MEU? DA CIDADE GRANDE PARA A PRAIA, COM UM GRAAAAAANDE TERRENO.
Ser feliz é uma opção e você é livre para viver a vida. Escolha seu sonho. Vale a pena.

Quem sou eu

Minha foto

Da capital, já morei entre verde e bichos, na lida com animais e plantas: anos de injeção, espinho de ouriço, berne, parto de égua e curva de nível, viveiros, mudas, onde encontrei tempo para lecionar inglês, alfabetizar adultos e ler livros, na solidão do mato. 

Paixões se sucederam e convivem até hoje: Contabilidade, Economia, Arquitetura (IMES, MACK), a chácara e, afinal, o Direito (FDSBC, cursos e pós graduações). No Judiciário desde 2005, planto, replanto, reciclo, quebro paredes, reconstruo, estudo, escrevo e poetizo, ao som de passarinhos, que cantam nossa liberdade.

Não sou da cidade, tampouco do campo. Aprendiz, tento captar o que a vida oferece, para que o amanhã seja melhor. Um mundo melhor, sempre.

Agora em uma cidade mágica, em uma casa mágica, na qual as coisas se transformam e ganham vida; mais e mais vida. Minha cidade-praia-paraíso, Itanhaém.

Nesta casa de espaços amplos e um belo quintal, que jamais é a mesma do dia anterior, do minuto anterior (pois a natureza cuida do renovar a cada instante o viço, as cores, flores, aromas e sabores) retomei o gosto pelo verde, por releituras de espaços e coisas. Nela planto o que seja bom de comer ou de ver (ou deixo plantado o que Deus me trouxe), colho, podo, cozinho os frutos da terra, preparo conservas e invento pratos de combinações inusitadas, planejo, crio, invento, pinto e bordo... sonho. As ideias brotam como os rebentos e a vida mostra-se viva, pulsante.

Aqui, em paz, retomo o fazer miniaturas, componho terrários que encantam, mensagens de carinho representadas em pequenas e delicadas obras. 

Muito prazer! Fique à vontade, passeie um pouco: questões de Direito, português, crônicas ("causos"), jardinagem e artesanato. Uma receita, uma experiência nova, um redescobrir. 

Pergunte, comente, critique, ok? A casa é sua e seu comentário será sempre bem-vindo.

Maria da Gloria Perez Delgado Sanches

MARQUINHOS, NOSSAS ROSAS ESTÃO AQUI: FICARAM LINDAS!

MARQUINHOS, NOSSAS ROSAS ESTÃO AQUI: FICARAM LINDAS!

TELEFONES ÚTEIS

TELEFONES ÚTEIS

- Aeroporto Estadual 3422-2852

- Batalhão de Polícia Militar - 29º 3427-1414/1499

- Bombeiros (Incêndio e Resgates) 193 / 3427-4769

- Bombeiros (Salvamar Paulista) 3425-5226

- Câmara Municipal 3421-4450 / Fax.: 3421-4455

- Cartório - 1º Registro Imóveis 3422-1422

- Cartório - 2º Tabelionato 3426-5498
- Cartório do Registro Civil 3426-5498

- Cartório Eleitoral 3426-2747

- Casa da Agricultura 3426-5792

- Casa de Câmara e Cadeia 3422-4728

- Cemitério do Centro 3427-7805

- Centro de Pesquisas 3427-6723

- Centro do Produtor 3426-5791

- CETPI 3426-3501

- CMTECE 3421-1700

- Conselho Tutelar 3426-3500

- Correios – ECT 3422-5353

- Defesa Civil 3427-8352

- Delegacia de Polícia - 1° - Centro 3422-1208

- Delegacia de Polícia - 2° - Cibratel 3426-1307

- Delegacia de Polícia - 3° - Suarão 3422-5012

- Delegacia de Polícia – Seccional 3422-6061

- Delegacia de Trânsito 3426-2438

- Disque Denúncia (Áreas verdes) 3421-1672

- Elektro 3421-4500

- Fazenda do Estado – Coletoria 3422-3223

- Forum3422-1215

- FUNAI 3426-9677

- Fundo Social de Solidariedade 3427-5068

- Guarda Municipal 199 / 3425-3800

- Hospital Regional 3421-1900

- IBGE 3422-2595

- INSS – Arrecadação 3426-1330 / 3422-6063

- INSS – Benefícios 3426-1330 / 3422-6063

- Juizado de Menores 3422-1215 - ramal 214

- Maternidade Municipal 3422-4644

- Ministério Público SP 3427-8320

- Polícia Militar Ambiental 3422-3765

- Polícia Rodoviária Estadual 3422-5859

- Prefeitura Municipal 3421-1600

- PROCON 3426-2772

- Pronto-Socorro 3427-1111

- Receita Federal – Coletoria 3426-4107

- SABESP-Escritório Regional 3426-4044 / 195

- Sociedade Protetora dos Animais 3426-4107

- Viação Breda 3422-1241

- Viação Intersul 3422-1807

- Viação Liroral Sul 3426-2316

- Viação Solmar 3425-2416 / 3422-115

Unidades de Saúde:

SUARÃO: Rua Padre Teodoro Ratisbone, 650 - Tel.: 3426-1577

OÁSIS/SAVOY: Rua Jaime Lino dos Santos, 290 - Tel.: 3426-1798

JD. MOSTEIRO: Av. Tiradentes, 184 - Tel.: 3426-3197

GAIVOTA: Av. Flácides Ferreira, 500 - Tel.: 3429-1410

CORONEL: Rua Domingues Perez Dominguez, 734 - Tel.: 3426-1002

Feiras-livres

TERÇA-FEIRA: Jd. Bopiranga - Rua Dorival E. Leoni e Belas Artes - Pedro Américo

QUARTA-FEIRA: Suarão - Rua Professor Augusto Ribeira de Carvalho

Ivoty - Rua Maria Antônia Lopes Leitão

QUINTA-FEIRA: Nossa Sra do Sion - Av. Cabuçu

SEXTA-FEIRA: Centro - Praça Aurélio Ferrara

SÁBADO: Savoy - Rua Vereador João de Almeida Batista

Loty - Av. Verde Mar

DOMINGO: Oásis - Rua Emídio de Souza e Gaivota - Rua Curitiba

Rodoviária

Av. Harry Forssell, 1505 - tel. (13) 3421-1803

Viação Breda (3422-1241)
Santos-SP / Peruíbe-SP (passa por Itanhaém); São Paulo-SP;

Viação Intersul (3422-1807)
Santos-SP; São Paulo-SP (via BR-116); Cananéia-SP; Eldorado-SP; Cajati-SP; Iguape-SP.